Não me ame assim
Não me ame assim
Obra de Andresa Espindula

Não MeAme Assim

A dor do sumiço de um filho é bem maior que a dor de uma facada. Principalmente quando as atitudes são de alguém em que você confiava.

Informaçōes adicionais da obra

Páginas

254

Palavras

68786

Dias Escrevendo

90

Coração a

1000

Não me ame assim
Não me ame assim
By: Andresa Espindula

Não MeAme Assim

* eBook disponível em formato ePub, Mobi entre outros.
Uma história de amor e ódio

Conheça Leah Morris

L eah trabalha, faz faculdade e mora com os pais. Tem um namorado que a ama profundamente, Aiden Hell. Eles vivem uma paixão avassaladora, são namorados, e os melhores amantes na cama, porem, Aiden começa impor algumas regras em seu relacionamento, que aos olhos de uma mulher apaixonada não passam de cuidados. Só que o que Leah achava ser amor se transformou em um relacionamento abusivo, com agressões e deixando marcas que ficaram para sempre. Para piorar a situação e confundir o coração de Leah, seu ex-namorado Sebastian volta e se entrega exclusivamente em descobrir o que há de tão errado no relacionamento de Leah. Por algum motivo ele não consegue sair de perto dela, fazendo com que tudo só se torne mais difícil e mais perigoso. Como será que Leah vai escapar desse relacionamento que se torna abusivo com o tempo? Será que uma vida vale o preço de um amor doentio? Leah não sabia do que Aiden era capaz, tão pouco poderia imaginar que Sebastian arriscaria sua própria vida. De repente a história que já estava toda traçada muda. E quando Leah pensou que já estivesse sentido a maior dor possível, a vida mostra que tem coisas que doem tanto, que parecemos não serem suportáveis. A dor do sumiço de um filho é bem maior que a dor de uma facada. Principalmente quando as atitudes são de alguém em que você confiava.

Blog Leitores & Amores

Um furaco chamado Besnik Kostandin
Monday, 07 de October de 2019

Um furaco chamado Besnik Kostandin

PARTE 1 

Encontrei ele por acaso, dirigindo um carro preto, um Honda, não era um carro grande, nem esportivo, ou caro, mas combinava com ele. Não consigo explicar, no entanto ver o carro dele era tão bom quanto ver ele, talvez porque eu sabia que se o carro estivesse estacionado nas redondezas da minha rua, isso seria um sinal de que ele estava por ali também e isso fazia com que meu coração se enchesse de luz e o estômago de borboletas, as pernas viravam gelatinas e e...
A primeira vista
Tuesday, 18 de June de 2019

A primeira vista

Parte 1

Literalmente, à primeira vista! Eu estava caminhando como toda manhã, dando a volta no pequeno parque da cidade,  como era rotineiro, eu conhecia todas as pessoas que estavam ali, caminhando, dando comida aos pássaros, as crianças indo para escola, as mães passeando com as crianças e com os cachorros, os fitness correndo, fazendo Cross Fit, ou seja lá o como eles chamam estes exercícios pesados e que deixam eles suando tanto que parecem que saíram do banho e colocaram a roup...
Querido dirio...
Wednesday, 24 de April de 2019

Querido dirio...

(Parte 4) Eu prometi que vinha contar, eu demorei, mas, eu estou aqui. Tenho tanta coisa para escrever aqui que não sei por onde começar. Vou começar dizendo que nosso tempo, juntos foi maravilhoso, ele me faz muito bem, me faz sentir coisas que nunca imaginei serem possíveis, é amor, é tesão, é um calor que me deixa sem ar.  Andamos de bicicleta, apostamos corrida e ele disse que se ele ganhasse me beijaria do jeito que ele gosta, não entendi bem, porque sempre achei que existisse um único j...
Andresa Espindula
Mais sobre mim

Andresa Espindula

Andresa nasceu no Extremo sul de Santa Catarina e há exatamente cinco anos decidiu ir morar fora do país, atualmente mora nos Estados Unidos com o marido e seus dois filhos, Beatriz e Francisco.

Desde pequena sempre foi fã de livros e de historias românticas, na adolescência era apaixonada por seriados. Apesar de não ser romântica na sua vida, é apaixonada pelo romance nos livros e filmes. Fã de todo tipo de arte, quando não esta escrevendo ou se dedicando aos filhos, gosta de pintar e desenhar. Seus familiares sempre a consideraram à parte criativa da família, Andresa sempre viveu no mundo da lua, seus pés nunca ficaram presos ao chão ou a realidade.

Depois de fazer um treinamento coaching, ela decidiu que era hora de sonhar ainda mais alto, de apostar e acreditar na sua escrita e então há pouco mais de um ano, decidiu colocar seus dedos para sacolejarem as teclas. Seu amor pelos livros é quase uma historia romântica, ela está sempre envolvida com eles, ou escrevendo ou lendo, ou então os procurando para comprar. Adora escrever a noite, se sente mais inspirada de preferencia ouvindo musica. Acredita que trabalhar na hora em que todos estão dormindo a deixa mais calma e concentrada, já que nada a tira do seu mundo particular. Além de amar escrever, descobriu através de suas historias uma forma de aliviar um pouco sua ansiedade, colocando todas suas emoções na escrita, o resultado é sempre uma historia cheia de emoção, suspense e muito romance.

Follow:

Quem já leuGostou & Indicou

Leia um trecho

Tem alguma pergunta?

Sinta-se livre